23 de mar de 2009

seria isso então o prenúncio do amor?

Sua presença com sua beleza me deixa bagunçada, acelerada, desigual. Mexe com meus conceitos, meus paradigmas e também com meus instintos. É uma delícia te observar, ver suas poses, seus sorrisos e caretas. Me dá uma sede de saber mais de você e de estar mais perto, ao alcance do toque das mãos e dos lábios...

Nenhum comentário:

Postar um comentário