14 de dez de 2010

Me dei conta de que não tenho mais inveja das pessoas que tem mãe... Talvez por me sentir tão mais distante da existência da minha. Já não sinto mais saudade, já não fico mais pensando em "como seria"... Aprendi a conviver com a fria realidade de sua ausência. Resta agora uma vaga lembrança do seu sorriso estático em uma fotografia...



Hoje ela completaria 53 anos. Viveu apenas 27...

2 comentários:

  1. .'.

    Amor,

    Quando perguntei o que você pretendia fazer neste dia, eu me referia a algum tipo de homenagem... Não sei como você sempre agiu com relação a isto, a esta distância física de sua mãe, pois só estou chegando agora, então eu fiz a pergunta como uma forma de me colocar à disposição para qualquer coisa que fosse. Ela, de forma bem direta, faz parte da sua ancestralidade e, assim, tem direito a um lugar especial no quadrante do fogo ao qual este assunto se refere.

    Bênçãos!

    '.'

    ResponderExcluir
  2. perdi - nesse mundo, nesse tempo - a minha quando ela ia para os 70.. tive que reinventar todo o meu entendimento para continuar aqui.. ainda estou criando. sorte na vida, sereia destemida!

    ResponderExcluir