11 de mar de 2009

"quando te vi, aquilo era quase o amor, vc me acelerou, me deixou desigual..."

Ah... eu confesso: estou apaixonada! mas confesso também que isso me assusta. e não estou preparada para escrever aqui o porquê. mas afirmo que, embora todos os medos, estou gostando disso. há anos minhas pernas não ficavam bambas, nem meu coração acelerava tanto. fora que é gostoso essa coisa platônica. ter com quem sonhar as noites... é uma delicía... não sei ainda como isso surgiu em mim, nem sei também agir diante disto... não sei mesmo. o que fazer, o que falar, como olhar... me sinto uma adolescente boba...rs. e me sinto bem.

Nenhum comentário:

Postar um comentário