6 de dez de 2008

A gente nunca sabe o que a vida nos reserva ne? E esse tal de destino é o que mesmo hein??? Doroty não se lembra que lado deve seguir na estrada de trilhos amarelhos. Rolicursi diz: Arrisque-se, quem não arrisca não vive... Sei não, e se eu cair num lugar não muito confortável?Melry diz: Espere, que o tempo vai ajudar. Acho que é isso... tempo, tempo, tempo, tempo, faço um acordo contigo...


És um senhor tão bonito
Quanto a cara do meu filho
Vou te fazer um pedido
Compositor de destinos
Tambor de todos os rítmos
Entro num acordo contigo
Por seres tão inventivo
E pareceres contínuo
És um dos deuses mais lindos
Que sejas ainda mais vivo
No som do meu estribilho
Ouve bem o que te digo
Peço-te o prazer legítimo
E o movimento preciso
Quando o tempo for propício
De modo que o meu espírito
Ganhe um brilho definido
E eu espalhe benefícios
O que usaremos prá isso
Fica guardado em sigilo
Apenas contigo e comigo
E quando eu tiver saído
Para fora do teu círculo
Não serei nem terás sido
Ainda assim acredito
Ser possível reunirmo-nos
Num outro nível de vínculo
Portanto peço-te aquilo
E te ofereço elogios
Nas rimas do meu estilo


Tempo tempo tempo tempo...

Nenhum comentário:

Postar um comentário