23 de nov de 2008

O anjo da serenidade

Eu tava lendo o texto ai embaixo agora... meus olhos encheram-se de lágrimas... percebi que sempre grito com as pessoas que eu amo... eu não quero mais gritar. Quero me perceber. Estou refletindo sobre as coisas agora. Buscando minha leveza e minha serenidade. Me reencontrando em mim mesma, buscando a minha essÊncia, q se perdeu num grito qualquer... só quero que o amor me acompanhe. Hoje acordei com o coração palpitando tanto... e o livrinho me deu um bom motivo pra acreditar que as coisas vão passar e vão melhorar. Saiu pra mim o anjo da serenidade: "Estar sereno é deixar-se fluir com as circunstâncias de cada momento, conhecendo e saboreando cada instante e sabendo que nada é permanente. Essa serenidade vem da Alma e é dentro de nós o unico centro permanente que nos nutre durante o processo de comprender que os bons e os maus momentos da vida passam e fazem parte do nosso crescimento espiritual".É isso. Não quero deixar que morra dentro de mim o que tenho de mais precioso. Amor.

Um dia, um pensador indiano fez a seguinte pergunta aos seus discípulos:
- Por que é que as pessoas gritam quando estão aborrecidas?
- Gritamos porque perdemos a calma, disse um deles.
- Mas por que gritar quando a outra pessoa está ao seu lado?, questionou novamente o pensador.
- Bem gritamos porque desejamos que a outra pessoa nos ouça, retrucou outro discípulo.
E o mestre volta a perguntar:
- Então não é possível falar-lhe em voz baixa?
Várias outras respostas surgiram, mas nenhuma convenceu o pensador.
Então ele esclareceu:
- Vocês sabem por que se grita com uma pessoa quando se está aborrecido?O fato é que, quando duas pessoas estão aborrecidas, os seus corações afastam-se muito. Para cobrir essa distância precisam gritar para poderem escutar-se mutuamente. Quanto mais aborrecidas estiverem, mais forte terão que gritar para ouvir um ao outro, através da grande distância. Por outro lado, o que sucede quando duas pessoas estão enamoradas?Elas não gritam. Falam suavemente. E por quê? Porque os seus corações estão muito perto. A distância entre elas é pequena. Às vezes estão tão próximos os seus corações que nem falam, somente sussurram. Quando o amor é mais intenso, não necessitam sequer sussurrar, apenas se olham, e basta. Os seus corações se entendem. É isso que acontece quando duas pessoas que se amam estão próximas.Por fim, o pensador conclui, dizendo:- Quando vocês discutirem, não deixem que os seus corações se afastem, não digam palavras que os distanciem mais, pois chegará um dia em que a distância será tanta que não mais encontrarão o caminho de volta."(Mahatma Gandhi)

Nenhum comentário:

Postar um comentário